Ria Formosa

 

ria formosa

O Parque Natural da Ria Formosa reúne um conjunto ambiental de rara beleza onde a natureza foi mantida intacta. Desde a zona do Ludo, no concelho de Loulé, até Cacela Velha, no concelho de Vila Real de Santo António, ao longo de cerca de 60 Km, podemos observar um sistema lagunar de grandes dimensões constituído por várias ilhas barreira e 2 penínsulas arenosas que se estende mais ou menos paralelamente à costa, protegendo uma laguna onde se desenvolve um labirinto de sapais, canais, zonas de vasa e ilhotes. 
 

A sua constituição sedimentar prende-se sobretudo pela acção das marés, ventos e correntes marítimas, proporcionando um habitat de excepção para inúmeras espécies raras como o camaleão (Chamaleo chamaleon), a marrequinha (Anas crecca), ou a gaivota de cabeça preta (Larus melanocephalus).
A maioria da população desta zona dedica-se a actividades ligadas à Ria Formosa - a pesca, a mariscagem e a moliscicultura, sendo esta uma área de produção natural de bivalves com predominância para as amêijoas e ostras.
 
 
Quando visitar a Ria Formosa cumpra as seguintes regras:

Seja discreto, evitando fazer ruídos;
Não danifique nem colha plantas ou parte delas;
Não perturbe a fauna;
Não deite lixo para o chão;
Não faça lume.