Site Autárquico de Vila Real de Santo António

Mapa do Concelho

PUBLICAÇÔES

Áreas Estratégicas

Áreas EstratégicasPrograma «Cuidar»Eurocidade do Guadiana

Praça Marquês de Pombal

A Praça Marquês de Pombal, outrora chamada Real e depois Praça do Comercio, é o principal largo da cidade, tendo sido delineado pelo Arquiteto Principal da Corte, o Capitão Reinaldo Manuel dos Santos. 

Ao centro deste largo, ergue-se o Obelisco que faz frente, no seu lado norte, à Igreja de Nossa Senhora da Encarnação, o único templo da paróquia. Neste largo espaçoso, perfeitamente quadrado, cada um dos lados tem precisamente 330 palmos de 22 centímetros. A Praça Marquês de Pombal é o maior impacto urbano e o elemento urbanístico por excelência, depois da fachada da vila. 

A estratégia construtiva utilizada procurou colocar a Praça o mais perto possível do Guadiana, distando deste apenas dois quarteirões. Embora não constituísse o centro geométrico da planta é o centro cívico e comercial da vila. Aí se encontravam a Casa da Câmara e a cadeia a nascente, o Corpo de Guarda a sul e a Igreja a norte. Os restantes edifícios destinavam-se ao comércio no rés do chão e à habitação no primeiro andar. Os quatros cantos da Praça estão marcados por quatro torrões morfologicamente iguais e ao centro ergue-se o Obelisco encimado por uma coroa. Apesar de não ser o centro geométrico, a Praça Real é um espaço central e nuclear, por reunir os serviços públicos e comerciais.