Site Autarquico de Vila Real de Santo António

> Home > Notícias
Mapa do Concelho

PUBLICAÇÔES

Áreas Estratégicas

Áreas EstratégicasPrograma «Cuidar»Eurocidade do Guadiana

Eurocidade

Eurocidade

28/10/2014

Eurocidade Ayamonte – Castro Marim – Vila Real de Santo António

 
Os municípios fronteiriços de Vila Real de Santo António, Castro Marim e Ayamonte (Espanha) constituíram, em 2013, a primeira Eurocidade do Sul da Península Ibérica.

O protocolo de colaboração que deu origem à criação da Eurocidade – inicialmente composta pelos municípios de VRSA e Ayamonte – foi formalizado no dia 9 de janeiro de 2013, na presença do presidente da autarquia de Vila Real de Santo António, Luís Gomes, do presidente do Ayuntamiento de Ayamonte, António Rodríguez Castillo, do presidente da Eurorregião Alentejo-Algarve-Andaluzia, David Santos, do então Secretário de Estado da Administração Local, Paulo Simões Júlio, da Secretária General da Ação Exterior da Consejería de Presidencia e Igualdad da Junta de Andaluzia, Dona Maria Sol Calzado Garcia, e do Delegado do Governo Andaluz em Huelva, Don José Fiscal López.

 

Na sequência das relações de proximidade territorial e cultural existentes, o município português de Castro Marim juntou-se à Eurocidade, no dia 9 de maio de 2013, numa cerimónia decorrida no Revelim de Castro Marim.

O ato contou com a presença do Presidente da Eurorregião Alentejo-Algarve-Andaluzia e Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve, Eng.º David Santos, do Secretário de Estado da Administração Local, Dr. António Leitão Amaro, do representante do Governo Andaluz em Huelva, D. José Fiscal, do presidente da autarquia de Vila Real de Santo António, Luís Gomes, do presidente da autarquia de Castro Marim, José Estevens, e do presidente do Ayuntamiento de Ayamonte, António Rodríguez Castillo.

 

O Rio Guadiana é o elo de ligação da «Eurocidade Ayamonte – Castro Marim – Vila Real de Santo António», já que foi através desta via fluvial que se foram cimentando as relações entre as localidades e criando vínculos ao longo da história.

Por esta razão, dá-se também o nome de «Eurocidade do Guadiana» à estrutura composta pelos três municípios, numa clara alusão às suas relações de união e proximidade.

O rio e a Ponte Internacional do Guadiana – elementos comuns a Portugal e Espanha - são a base da imagem do logótipo da Eurocidade, cuja composição gráfica e cores representam a união ibérica de duas cidades irmãs e aliam a tradição ao futuro.

A criação da Eurocidade do Guadiana surge no âmbito do plano de atividades apresentado pelo Presidente da CCDR-Algarve, durante a II Reunião do Conselho da Eurorregião, quando assumiu a presidência da Eurorregião Alentejo-Algarve-Andaluzia, a 28 de setembro de 2012, em Sevilha, por um período de dois anos.
 

 

Metodologia de funcionamento

A Eurocidade Ayamonte – Castro Marim – Vila Real de Santo António é um projeto que vai além da cooperação institucional e pretende o fortalecimento na ligação já existente entre os três municípios, exemplificando um novo modelo de cooperação de segunda geração e promovendo a convergência económica, social, cultural, turística e ambiental entre os territórios.

Visa igualmente a conjugação de esforços e recursos, através do planeamento e da gestão conjunta dos serviços e dos equipamentos dos municípios fronteiriços.

As intervenções, dirigidas aos cidadãos, pretendem promover a convergência institucional, económica, social, cultural e ambiental entre as três localidades que passam a utilizar o efeito fronteira como uma oportunidade de desenvolvimento territorial e sócio-económico.

 

Objetivos da Eurocidade:

• Dar seguimento à excelente relação mantida ao longo dos anos entre os entre os municípios de Ayamonte, Castro Marim e Vila Real de Santo António;
• Promover a valorização dos recursos humanos nos diversos níveis de formação e de aprendizagem;
• Promover a valorização do património natural e cultural;
• Consolidar e desenvolver de uma forma comum o tecido empresarial local dos dois municípios;
• Contribuir para uma gestão equilibrada dos fundos públicos numa ótica de rentabilização de recursos;
• Promover a construção de um modelo avançado de cidadania europeia;
• Responder à aplicação prática do princípio de integração da União Europeia;
• Desenvolver ações conjuntas de promoção de investimentos e de oportunidades comerciais e turísticas;
• Promover a partilha de determinados equipamentos (sociais, desportivos, recreativos e culturais), cujo retorno só será possível em níveis de utilização elevados;
• Envolver as populações no projeto de forma a ganharem consciência das vantagens da cooperação transfronteiriça.

 

 

DOCUMENTOS

Protocolos de colaboração para a criação da Eurocidade do Guadiana:

Protocolo Eurocidade.pdf

Protocolo Eurocidade do Guadiana _ES.pdf

 

 

Página Facebook Eurocidade do Guadiana:

https://www.facebook.com/pages/EuroGuadiana/1420447208255126