Site Autárquico de Vila Real de Santo António

> Home > Notícias
Mapa do Concelho

Áreas Estratégicas

Áreas EstratégicasGabinete de Apoio ao Emprego Eurocidade do GuadianaAssociativismo

Projeto de sombreamento no Centro Histórico de VRSA dinamiza comércio e restauração

20/07/2015

O município de Vila Real de Santo António está a implementar sombreamentos aéreos nas ruas pedonais do Centro Histórico, dinamizando as áreas comerciais e de restauração e trazendo maior conforto a residentes e visitantes.

Esta é mais uma medida inserida no projeto Jessica, através do qual está a ser desenvolvida a maior operação de sempre de requalificação da zona histórica de VRSA. No total, serão instalados 12 módulos de sombreamento, divididos entre as ruas Teófilo Braga e 5 de Outubro.

Para Luís Gomes, presidente da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, «este projeto representa mais um passo na modernização do Centro Histórico, adaptando-o às necessidades dos seus habitantes e visitantes, mas mantendo um sério compromisso com o património da cidade».

Para se integrarem com a arquitetura pombalina, as estruturas de sombreamento são concebidas em cores neutras e seguem o layout do mobiliário urbano da cidade, cujas esplanadas, toldos, papeleiras e sinalética já possuem uma imagem uniformizada, valorizando o espaço público e a área classificada como Centro Comercial a Céu Aberto de VRSA.

«Esta é mais uma ação de promoção e requalificação do Centro Histórico onde, nos últimos dois anos, investimos mais de um milhão e meio de euros, medida que já foi reconhecida pela Unesco, que recentemente convidou VRSA a candidatar-se à Lista Indicativa do Património Mundial», frisa o autarca.

Por outro lado, o projeto de sombreamento integra-se na estratégia de reestruturação da dinâmica e da imagem da cidade, contribuindo para a promoção do comércio local e para o crescimento económico.

Para minimizar o impacto visual, cada módulo de sombreamento possui um sistema de fixação de contacto limitado com os edifícios, o que permite a remoção das telas durante o período de inverno.

As intervenções desenvolvidas em VRSA ao abrigo da Iniciativa Comunitária Jessica – destinada a apoiar a reabilitação e regeneração dos centros urbanos em Portugal - estão em marcha desde abril de 2013 e deram origem à criação da marca «VRSA a Céu Aberto», através da qual estão a ser levadas a cabo todas as ações ao nível económico, turístico, patrimonial e cultural.

Na sua globalidade, espera-se que este conjunto de planos, gerido pela empresa municipal SGU, potencie novos nichos de mercado e crie um ambiente atrativo ao investimento imobiliário e turístico no centro histórico de VRSA, já protegido por um Plano de Salvaguarda e por uma Área de Reabilitação Urbana.