Site Autárquico de Vila Real de Santo António

> Home > Notícias
Mapa do Concelho

Áreas Estratégicas

Áreas EstratégicasGabinete de Apoio ao Emprego Eurocidade do GuadianaAssociativismo

Real Madrid organiza torneio «Alma» em Vila Real de Santo António

Real Madrid organiza torneio «Alma» em Vila Real de Santo António

28/06/2016

A Fundação Real Madrid organiza, entre os dias 3 e 5 de julho, em Vila Real de Santo António, a «Copa Alma», torneio de futebol que reúne as equipas e escolas que mais se destacam no trabalho de integração social e desportivo promovido pelo emblema madrileno.

Depois da Hungria e Espanha, a Escola Sócio Desportiva de Vila Real de Santo António acolhe a terceira edição da iniciativa que junta as escolas que melhor têm cumprido os objetivos definidos pela fundação merengue, cujo mérito é mundialmente reconhecido.

As partidas terão lugar no Complexo Desportivo de Vila Real de Santo António e reunirão dezenas de jovens - em equipas mistas,- com idades entre os 12 e os 13 anos, vindos de vários pontos da Europa.

Para Conceição Cabrita, vice-presidente da Câmara Municipal de VRSA, «a realização deste torneio no município dá destaque ao trabalho de excelência desenvolvido pela escola socio-desportiva vila-realense, cujos resultados já permitiram a integração de centenas de jovens em situação de risco, com dificuldades de aprendizagem ou inseridos em meios onde não é possível a prática desportiva».

A Escola Sócio Desportiva de VRSA da Fundação Real Madrid foi fundada em 2011 através de um protocolo estabelecido com o município algarvio.

Esta, que foi a primeira escola do Real Madrid a nível nacional, acolhe, no ano letivo 2015-2016, uma centena de crianças com idades entre os 6 e os 13 anos e engloba as modalidades de futebol e basquetebol. Ao longo dos seus cinco anos de atividade deu já formação a mais de meio milhar de alunos.

As metodologias utilizadas têm como objetivo premiar o mérito e têm em conta fatores como as notas escolares, o comportamento, bem como a assiduidade dos alunos a frequentar as atividades da Fundação.

Para garantir o bom desempenho da escola, os técnicos responsáveis pelo projeto desenvolvem regulamente ações de formação e monitorizam os resultados, que são periodicamente enviados para a sede da Fundação.